© 2019 por Recadex

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • RSS ícone social
  • LinkedIn ícone social

Os preparativos

February 16, 2017

É algo inusitado transformar um projecto de uma ideia de negócio em uma empresa, sobretudo depois de alguns anos de inactividade laboral e criativa, depois um curso de empreendedorismo que tinha tudo para correr bem e motivou apenas para ficar em stand-by, depois esperar que alguém me dê oportunidade de mostrar o que sou realmente capaz de fazer, só havia este caminho.

A luzinha surgiu a seguir das exasperantes perguntas familiares acerca do desemprego num jantar familiar, e porque não abres uma empresa, disse um tio meu, nem sei o que lhe respondi ao certo na altura, mas fiquei a pensar porque não, se for algo original e não necessitar de grandes investimentos, e estando a StartUp de Torres Novas a aceitar candidaturas, parecia a altura certa, mas que ideia ao certo seria a ideal para mim e para o universo de Torres Novas?

 

Se uma das coisas que gosto de fazer é pedalar, tinha de passar por ai, e transportar coisas para outros parecia ser uma boa desculpa para isso, dado a limitação económica do meio envolvente, terei que transportar tudo o que aparecer, menos adultos e substâncias ilegais, o resto vai tudo, desde envelopes, encomendas, flores, fruta, pão, compras de supermercado, medicamentos, roupa para lavar, máquinas de lavar, cabazes de legumes frescos mais que biológicos e outros nem por isso, comida para fora, e até publicidade em forma de placas anexas ao veiculo e em bandeirinhas, aceito sugestões para mais nichos de mercado, mas acreditem que provavelmente já pensei nisso, até em transportar crianças para a escola, mas por agora fico por aqui e vejo o que pega melhor.

Não têm sido fácil a burocracia da coisa, a legalidade, os seguros, as guias de transporte, os iva's e segurança social, os cae's, os planos financeiros, e preçários, o design, o site, tudo ao mesmo tempo de enxurrada, parece que estou sempre na mesmo ponto, mas não, isto está quase, só falta a menina que ainda não baptizei porque também ainda não chegou, nem vai chegar tão cedo, pelos vistos vai chegar para ser montada no próprio dia que pensava começar a laborar, mais dia menos dia também não é por ai que o negócio vai correr mal.

 

E como a bicicleta é o único meio de transporte proposto teria ser algo que provocasse impacto na população, dado também a originalidade do negócio, embora nem tivesse pensado nisso inicialmente, e pensava que me safava com as opções que tinha usado para outros fins, por ter já rebocado cargas de 90 Kilos em subidas com grau significativo, sabia que não era a opção correcta para um uso laboral durante toda a semana, e depois de muita pesquisa, encontrei um revendedor da Babboe em cima exposta, por mero acaso quando me deslocava em Tomar por motivos de saúde de um familiar, talvez tivesse sido destinado, só não encomendei nesse mesmo dia por algum receio disto não resultar ou de não ser a bicicleta correcta. Têm ajuda de motor eléctrico portanto posso subir as ladeiras de Torres Novas as vezes que for preciso e mais alguma só porque me apetece e voltar a fazer o mesmo no dia seguinte. 

 

Acho que isto para primeiro post já chega, até à próxima.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts

December 31, 2019

November 15, 2019

June 24, 2019